Por Terras de Santiago – História, Património e Artesanato (Rota I)

Palmela – Castelo e Centro Histórico
O percurso pedestre sugerido tem início no Castelo de Palmela, monumento nacional desde 1910. Dentro das muralhas do Castelo encontra, para além do Posto de Turismo, o antigo Convento, que actualmente é uma Pousada; a Igreja de Santiago, monumento nacional e as ruínas da Igreja de Sta Maria, onde se situa o Gabinete de Estudos da Ordem de Santiago. Integrado no Museu Municipal encontram-se o Espaço Arqueológico, o Espaço de Transmissões Militares e a Reserva Visitável “Escultura de Santiago”.
Desça até à Igreja de S. Pedro (séc.XVI) e aprecie a bela fachada do edifício dos Paços do Concelho (séc. XVII / XVIII). Siga em direcção ao Largo Duque de Palmela e observe o Pelourinho e a Igreja da Misericórdia.
Continue o percurso pela Rua Hermenegildo Capelo, com passagem pelo Largo do Mercado até à Rua 31 de Janeiro. Desça as escadinhas da Rua Coronel Galhardo e entre na Rua do Passadiço. Chegando ao Largo Marquês de Pombal, observe o edifício de esquina com a Rua Joaquim Brandão, desça pelas Escadinhas dos Caracoleiros, siga pela Rua Augusto Cardoso e continue em direcção ao Largo do Chafariz D. Maria I (séc. XVIII). Atravesse o Jardim Joaquim José de Carvalho até ao Largo de S. João Baptista.
Neste Largo, pode apreciar o exterior da Capela de S. João Baptista, o Coreto, a Biblioteca Municipal de Palmela, o Cine-Teatro S. João e a Casa Mãe da Rota de Vinhos. Esta antiga adega foi reconvertida em ponto de informação enoturística sendo também uma loja de vinhos e de produtos regionais.
Palmela – Quinta do Anjo
Dirija-se à sua viatura e siga até ao Largo do Chafariz D. Maria I. Continue em direcção ao Centro Moinhos Vivos, situado na Serra do Louro. Aí terá a oportunidade de passear de burro pela Serra – uma burricada, como é designada – bem como apreciar a bela paisagem do Parque Natural da Arrábida, Vale dos Barris e Vila de Palmela. Continue em direcção a Azeitão. Antes de chegar à freguesia de Quinta do Anjo, vire à esquerda e visite o centro de artesanato Fortuna Artes e Ofícios, onde a cerâmica é tratada de forma genuína e artesanal.
Já em Quinta do Anjo conheça uma das queijarias que produz o famoso Queijo de Azeitão, produto certificado de qualidade reconhecida, feito com leite de ovelha cru, cardo e sal. Ainda em Quinta do Anjo, siga as indicações Sepulcros Neolíticos e conheça este núcleo arqueológico. Continue o itinerário e terá duas opções de adegas para visitar. A adega Casa Agrícola Horário Simões, onde pode encontrar, para além dos vinhos da casa, produtos de qualidade, como queijos, manteiga de ovelha, bolos e compotas caseiras. A adega dispõe também de uma agradável sala de provas, onde ainda persistem caldeiras de destilação de aguardente. Se visitar a adega na época das vindimas, pode observar a pisa das uvas nos lagares.
Se optar pela Venâncio da Costa Lima, vai conhecer uma adega fundada em 1914 que se encontra de portas abertas para o receber. Empresa familiar de produção tradicional, onde há bem pouco tempo ainda persistia uma pequena oficina de tanoaria. É na sala de estágio que a Venâncio da Costa Lima recebe os seus visitantes e onde pode apreciar os grandes tonéis de madeira com capacidade para cerca de 250 litros de vinho.
Quinta do Anjo – Cabanas
Siga em direcção a Cabanas, percorrendo as plantações de vinhas. A Rota I termina na Capela de S. Gonçalo (séc. XVI), classificada como Imóvel de Interesse Municipal.
(in Folheto promocional da Rota de Vinhos da Península de Setúbal)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...